• Flávia Siqueira

ENTENDA O QUE É O SUBSTANTIVO

Já dizia Arnaldo Antunes na música Nome não


"Os nomes dos bichos não são os bichos

Os bichos são

Macaco, gato, peixe, cavalo

Macaco gato peixe cavalo

Vaca elefante baleia galinha".


Nessa música aparentemente meio louca, Arnaldo Antunes brinca com a questão do substantivo. É claro que a escolha dos nomes das coisas e dos seres é arbitrária na maioria das vezes, ou seja, nem sempre o nome tem a ver com a 'coisa'.


Nós precisamos nomear tudo à nossa volta por uma questão de sobrevivência. Seria um caos se não soubéssemos os nomes das pessoas, das coisas e etc. Imagine se todas as pessoas, os sentimentos, os objetos e tudo na natureza, não tivessem nome?


Como você se sentiu ao imaginar? Dá nervoso até em pensar na mente vazia sem a infinita lista de classificações. Já viu aquelas pessoas que tem o hábito de 'coisificar' tudo? A pessoa não tem boa memória ou tem vocabulário reduzido ai ela chama tudo de coisa:


"pegue a coisa em cima do troço que tá em cima lá da coisa da cozinha".

Pois é dá agonia até de ouvir, quem dirá de imaginar a bagunça que seria nossa vida sem essa classificação.















Agora, imagine que você está em uma sala de aula e tudo e todos tem nome na sua sala, ufa. Imagine também que seu nome é Pedro, mas existem outros dois Pedros na sala. Quando a professora chamar:

- “Pedro”, e não disser o sobrenome, automaticamente os alunos perguntam:


- Pedro de quê? Pedro Alcântara, Pedro Henrique, Pedro de Silveira?


Isso porque, quando temos palavras do mesmo tipo, nós precisamos diferenciá-las. Nesse caso, a palavra “Pedro” se refere à pessoas diferentes, e é um o substantivo próprio e é diferenciado com outro substantivo próprio, o seu sobrenome. Viu a importância do substantivo na nossa vida? Viu que não é só uma mera decoreba para você ganhar boa nota em uma prova?


Vou te dar um exemplo prático. Quando você nasceu, seus cuidadores, seus pais foram a um cartório para te registrar com um nome. É verdade que não é um mero nome, é um nome muito especial porque é o seu nome. Na sua certidão existe o seu nome, seu sobrenome, o nome dos seus pais. Consta também o lugar onde você nasceu, a hora, o dia e o ano. Precisamos ser registrados para sermos reconhecidos socialmente com um nome.



Nós somos seres de linguagem e a utilizamos para expressar tudo o que vai no nosso interior, e para descrever nossa realidade. É como se na nossa mente tivesse milhões de pastas que representam cada coisa da nossa realidade. Nomear e classificar o nosso mundo ajuda a organizar a nossa memória e torna possível o funcionamento do nosso cérebro. Bem, acho que você já entendeu o quão importante é a nomeação das coisas para o ser humano.


Você se lembra que até as palavras são nomeadas e classificadas? Você se lembra que são 10 grupos? Não? Não se preocupe, vou te ajudar a se recordar de cada classe de palavras: (substantivo, adjetivo, artigo, pronomes, verbo, adverbio, conjunção, preposição, interjeição, numeral).


Uma das mais importantes delas é o substantivo. Na língua portuguesa e em muitas línguas, o substantivo é classe de palavras que nomeia quase tudo na nossa vida. Ele pode ser simples ou composto; próprio ou comum, concreto ou abstrato; feminino ou masculino, etc. Mas falaremos sobre essas classificações em outro post.


Hoje eu gostaria que você entendesse apenas o quão importante é a função que ele desempenha na nossa língua e que ele e as outras classes de palavras não existem para te perturbar e te dar sono durante as aulas de português.


Bem espero que tenha te ajudado a compreender a definição básica do que é o substantivo. Muito obrigada a todos, até o próximo post.


0 comentário

press to zoom

press to zoom
1/1

Fresh

MARKET